12 de fev de 2009

Posso Tudo?

Posso Tudo?

Texto de Filipenses 4.13 – “Posso todas as coisas naquele que me fortalece”
Nesses dias de tanto frenesi espiritual (Fr.frénési; Lat. phrenese :inflamação cerebral;loucura furiosa;inquietação....) , este jargão se tornou um dos pratos principais para os teólogos e aqueles que aderem ao movimento da “prosperidade”. É lamentável que alguns se utilizem deste texto sem ao menos olhar o contexto desta palavra, e se olhassem não falariam tanta bobeiras que estamos saturados de ouvirmos.
Ouvimos tantas frases de impacto que ficamos atordoados com o que se fala, principalmente nos meios de comunicação. Alguns dessas falas chegam a ser aberrantes, pois é um tal de encosta Deus na parede, exija seu direito de filho, vou orar, jejuar, colocar seu nome na garrafa e lançar ao mar (isso parece com outras práticas), copos com água e por ai vai.
Bem longe destas interpretações na maioria das vezes voltadas para o beneficio próprio (Marketing Religioso) o que realmente o apostolo Paulo quis dizer ?
Vamos analisar os versículos anteriores a esse:
vs11-
Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Imaginem só? Esses pregoeiros que pegam somente o texto que lhes interessa, não viram este versículo? Talvez não lhes sejam interessante, pois o apostolo está dizendo ao contrario que eles dizem: Aprendi a contentar-me com o que tenho, esses iriam sem duvidas chamar Paulo de que? Homem sem fé. Neste versículo Paulo fala de pobreza, fartura e fome;abundancia e escassez ; dar e receber e necessidades ... O nosso dicionário de língua portuguesa define a palavra contentar-se: por ficar contente, satisfazer-se, pois aprendeu a conviver com aquilo que lhe tinha.
Cristo nos ensinou: “O pão nosso de cada dia nos daí hoje”, e não coisas mirabolantes que estão ensinando por ai.

Vs 12 - Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade.
Notem que o apostolo fala em estar abatido (caído, derribado, sem forças, deprimido), mas infelizmente os pregoeiros não observaram esta fala, ao contrario se você estiver algum dia abatido você tem que passar por uma sessão de descarrego, ou você precisa tirar o olho gordo, passar pelo vale do sal , e outras coisas semelhantes, mas Jesus (o nosso mestre) disse na oração de João 17. 15 16: “Não os peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal; Santifica-os na tua verdade, a tua palavra é a verdade”
Vs13 - Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.
A respeito desta passagem D.A. Carson alerta: - Uma antiga preferência é Filipenses 4.13: "... tudo posso naquele que me fortalece". O "tudo" não pode ser completamente ilimitado (e. g., saltar sobre a lua, resolver "de cabeça" complexas equações matemáticas ou transformar areia em ouro); portanto, a passagem geralmente é exposta como um texto que promete aos crentes a força de Cristo em tudo o que eles têm a fazer ou em tudo o que Deus lhes ordena que façam. Sem dúvida, este é um conceito bíblico; contudo, no que se refere a esse versículo, dá-se pouca atenção ao contexto. O "tudo" aqui consiste em viver alegre em meio à fartura ou fome, em abundância ou escassez (Fp 4.10-12). Seja qual for sua situação, Paulo pode lutar com alegria por meio de Cristo, que o fortalece.Talvez a grande questão não é se Deus me capacita para fazer tudo que preciso. Dentro da soberana vontade dEle, Ele sempre capacita. O problema é que eu nem sempre quero fazer tudo para o qual Ele me capacitou. Talvez para Deus pareça que queremos saber se podemos fazer de tudo, quando tão pouco fazemos com o “tudo” que já podemos. Que Deus nos ajude a, como Paulo, nos contentarmos não só com aquilo que Ele nos deu, mas com aquilo que Ele nos capacitou a fazer, e esmeremo-nos ao fazê-lo.

Em Cristo Sola Fide Marcos

Nenhum comentário: