27 de mai de 2010

Como reconhecer um verdadeiro homem de Deus



Nos dias atuais muitos auto identificam-se homens de Deus, mas como reconhecê-lo? Quais as características que ele deve ter? Que identidade ele deve portar? Quais as suas credenciais?
Vejamos algumas virtudes do verdadeiro oráculo do Senhor:

1- Pregar a palavra genuína

Que pregues a palavra , instes a tempo e fora de tempo , redarguas , repreenda , exortes, com toda a longanimidade e doutrina (2 Tim. 4.2)

Paulo ensina a Timóteo a pregar a genuína palavra de Deus, naqueles dias onde havia muitos ensinadores de vãs filosofias, e o apostolo afirma ao jovem obreiro para que não deixe se enveredar pelos caminhos daqueles que deturpavam a palavra.
Nestes dias hodiernos muitos estão deixando de pregar a genuína palavra para oportunamente lograrem em cima dos ouvintes. Hoje se prega alguns evangelhos tais como: o evangelho fast-food (comida rápida), o evangelho do marketing pessoal (para favorecimento próprio) e o evangelho realcêntrico (o que gira em torno do dinheiro). O que está havendo com a igreja que primava pela boa palavra , homens que ao longo de suas jornadas ministeriais se preocupavam em trazer ao povo uma mensagem oriunda do trono da graça de Deus e o faziam com muita oração. Os tempos mudaram e em alguns lugares quase não sobra tempo para a exposição da palavra.
Em outros lugares a palavra é evasiva e os jargões espirituais tomam conta, e o líder se preocupa no ovacionar da galera, e não em trazer alimento que nutre a alma do cristão.

2- Ter humildade

O temor do Senhor é a instrução da sabedoria, e precedendo a honra vai à humildade. (Provérbios 15.33)
Nada façais por contenda ou por vangloria, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo (Filipenses 2.3)

Embora a Bíblia Sagrada seja cheia de conselhos contra a falta de humildade existem alguns que nem se atém para os conselhos dela, pois construir um caráter humildade significa:
1. Considerar as pessoas superiores a nós mesmos (Filipenses 2.3).
2. Deixe todo sentimento de vingança e justiça nas mãos de Deus, pois Ele cuida de você (Salmos 25.9).
3. Nunca tente impor seus pensamentos e idéias.
4. Não tente se auto-promover. Deixe Deus te estabelecer. “Labão disse a Jacó: tenho
experimentado que o Senhor me abençoou por amor de ti” (Gênesis 30.27).
5. Jamais reclame, murmure. Seguir a Jesus é um ato de renúncia. “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, dia a dia tome a sua cruz e siga-me” (Lucas 9.23).

3- Capacidade de gerar novos lideres

Tu, pois meu filho fortifica-te na graça que em Cristo Jesus
E que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia a homens fieis, que sejam idôneos para ensinarem.
Sofre, pois, comigo, as aflições, como um bom soldado de Jesus Cristo (2 Tim. 2.1;2;3)


Nesses dias há certamente uma escassez de lideres que conseguem gerar outros, pois a sempre a preocupação da superação, ou parece haver uma competição, impedindo o crescimento da nova geração de lideres, e porque não dizer por falta de ensino de como proceder no que tange ao ministério.
As pessoas que lhe estão próximas procuram imitá-las, seguir seus exemplos. O Senhor Jesus Cristo tinha essa capacidade em tão elevado grau que Paulo disse: “sede meus imitadores, como eu sou de Cristo." O verdadeiro líder não é mesquinho, não esconde ensinamentos. Ele procura sempre o crescimento do grupo. Pedro e Paulo são exemplos de líderes gerados por Jesus.
"Líder é um homem que conhece o caminho, e sabe manter-se à frente, trazendo outros após si." (John R. Mott)

4- Ser servo

Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito? (Jo. 13.12)

A lavagem de pés havia sido praticada por centenas de anos antes de Jesus lavar os pés dos discípulos em João 13. Essa prática aparece desde o tempo de Abraão. Então, Jesus simplesmente fez um ato de serviço para os discípulos como tinha sido praticado durante muito tempo. Na época da Bíblia, a maioria das pessoas viajava a pé. Calçavam sandálias ou andavam descalças. Água para lavar os pés cansados era uma necessidade por motivos de higiene e conforto. Normalmente, a pessoa que recebia visitas fornecia água para que os hóspedes pudessem lavar seus próprios pés (Gênesis 18:3-5; 19:2; 24:32; 43:24; Juízes 19:21; 2 Samuel 11:8; Lucas 7:44). A tarefa humilde de lavar os pés de outros eram um trabalho de servos (1 Samuel 25:41; Lucas 7:37-38).
Porem lamentavelmente nos dias hodiernos ninguém quer ser mais servo, todos querem arrumar um jeito para serem senhores, mandar, ter súditos que cumpram suas regras, que em absoluto são de homens, e não de sinceros homens de Deus. Alguns passam sermões de obediência, quando na verdade nem eles obedecem. Devemos nos concientizar que o líder-servidor não age egoisticamente, antes serve ao povo de Deus com espírito voluntário; devemos compreender que o líder na Igreja de Cristo precisa estar pronto para enfrentar as dificuldades inerentes ao ministério; declarando como o Mestre Jesus disse que veio ao mundo para servir e não para ser servido.


5- Ter uma vida comprometida com a oração

Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; (Rm 12.12)
E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração.(1 Pe4.7)
E, saindo, foi como costumava, para o Monte das Oliveiras; e também os seus discípulos o seguiram.
E quando chegou àquele lugar, disse-lhes: Orai, para que não entreis em tentação.
E apartou-se deles cerca de um tiro de pedra; e, pondo-se de joelhos, orava, E, levantando-se da oração, veio para os seus discípulos, e achou-os dormindo de tristeza.(Lc.22 .39 a 45)

Alguém disse certa vez que um cristão é tão forte quanto a sua vida de oração. E existe uma grande dose de verdade nisto porque oração é simplesmente sua comunicação direta com Deus. Quando você lê a Bíblia, Deus fala com você; e quando você ora, você fala com Deus. Seu relacionamento pessoal com o Senhor Jesus Cristo não pode crescer sem comunicação apropriada. Jesus Cristo levava tão a sério isto, que mesmo sendo o filho unigênito de Deus, sempre procurava encontrar um tempo para falar com o Pai através da oração.
A oração é essencial para a vida de qualquer cristão é o oxigênio para vida cristã cotidiana. Jesus deixa-nos exemplo claro que sua vida neste mundo foi pautada na oração. Cristo dispunha de tempo para estar em oração.
É de suma importância que o homem de Deus tire períodos de oração, pois ela aproxima , faz chegar e faz ouvir a voz de Deus.
Infelizmente tira-se tempo para todas as coisas porem, para orar tira-se muito pouco. Ouvi recentemente um dado alarmante, que maioria dos pastores evangélicos não chega orar uma hora por semana.
Anúncios de mega vigílias, encontros com Deus, porem sem o essencial tirar longos períodos de oração, se gasta este tempo precioso para fazer inovações, revelações, louvores e porque não dizer que em alguns lugares vê-se no lugar da oração bizarrices sem tamanho.
Grandes homens de Deus só o foram porque dispunha tempo para dedicar-se à oração:
Um colega de Martinho Lutero disse: “Cada manhã ele precede seus estudos com uma visita à igreja e uma prece a Deus.
Jonathas Edward: "Costumava passar treze hora estudando e orando todos os dias".
João Wesley: "Considerava a oração a coisa mais importante de sua vida – levantava-se religiosamente todos os dias às 4 horas da manhã". Faleceu com 86 anos.
Um dos biógrafos de Moddy nos conta que ele depois de fazer uma viagem cansativa de trem, chegando ao hotel passava o restante da noite em oração.
O apostolo Paulo recomenda: “Orai sem cessar.”

6- Ser um homem segundo o coração de Deus

E, quando este foi retirado, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também deu testemunho, e disse: Achei a Davi, filho de Jessé, homem conforme o meu coração, que executará toda a minha vontade. (Atos 13.22)

O homem segundo o coração de DEUS, ele nem sempre está sendo notado, ou em evidencia. Mas muitas vezes pode ser que ele esteja como Davi se ocultando dos olhos dos homens, a ponto de não ser percebido, nem mesmo quem nós pensamos que poderia entender ou nos compreender.
O homem está disposto a fazer sempre a vontade daquele que o alistou para sua obra, não se importando com a fama ou louros que receberão aqui nesta terra, ou na sua igreja ou de quem quer que seja sua recompensa virá com certeza do Justo Juiz.

Deus olha o coração a fonte da existência essência do ser. Deus não atenta para a sua aparência Ele olha o coração. Por fora tá tudo muito bem por dentro tá tudo muito ruim não tem jeito de ser segundo coração de Deus por fachada você pode enganar qualquer um menos a Deus. Coração puro é um princípio para ser segundo coração de Deus.

a) Qual é o perfil de um pastor segundo o coração de Deus:1) É um pastor que tem consciência de que Deus o chamou não governar o povo com rigor, mas para cuidar do seu povo;2) É um pastor que cuida da sua própria vida, antes de cuidar do povo de Deus. Ele prega a si mesmo, antes de pregar ao povo. Sua vida é o seu mais eloqüente sermão.3) É um pastor que é exemplo vida, piedade para o seu próprio rebanho. Ele nada considera a vida preciosa para si mesmo para velar pelo rebanho. Ele dá a sua vida pelo rebanho.4) É um pastor que pastoreia TODO o rebanho: as ovelhas dóceis e as indóceis.5) É um pastor que compreende que a igreja é de Deus e não dele. Deus nunca nos passou procuração para sermos donos do rebanho. A igreja é de Deus.6) É um pastor que compreende que a igreja custou muito caro para Deus, o sangue do seu Filho. A igreja é a Noiva do Filho de Deus. A igreja é a Menina dos Olhos de Deus. Ele tem zelo pela igreja.

“O caráter nunca é comprovado por uma declaração escrita ou oral de convicções. É demonstrado pelo modo como vivemos, pelo comportamento, pelas escolhas e decisões. Caráter é a virtude vivida” (Manual do Pastor Pentecostal: Teologia e Práticas Pastorais. Rio de Janeiro, CPAD, p. 115.)

Em Cristo,

Pr. Marcos Serafim

Fontes :
http://hernandesdiaslopes.com.br/2010/01/pastores-segundo-o-coracao-de-deus/
http://www.ejesus.com.br
http://www.pibni.org.br
http://www.batistarenovadabetel.com