24 de mar de 2009

Razões para Pastorear


“Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério”. ( 2 Timoteo 4.5)


Iniciei minha trajetória ministerial muito cedo, desde muito jovem sabia da vocação para qual fui chamado, entendo que o ministério é uma chamada ao sacrifício e não uma carreira de fama.
Iniciei como cooperador durante um bom tempo, sendo levado ao diaconato após três de casado, e depois de um ano,ao ministério do presbitério , após um ano ao Santo Ministério , sirvo ao Senhor com muita alegria na Assembleia de Deus em Osasco , no ministério carinhosamente chamado por nós de Belenzinho, cujo Pastor Setorial é o pastor José Amaro da Silva , o qual me separou para todos os cargos eclesiásticos na igreja.
Aos 29 anos assumi a primeira congregação no setor de Osasco , em um bairro da nossa cidade chamado Vila Yolanda , uma simples igreja mais de um povo maravilhoso, no qual pastorei por 3 anos , 6 meses e 21 dias , sendo transferido para a igreja que no momento estou pastor a quase 2 anos.
A igreja que no momento pastoreio é uma igreja muito bela , com vários departamentos , uma igreja simplesmente formidável que enche os olhos de qualquer pastor , pelo modo de tratamento, por ser um povo amável , uma congregação com aproximadamente 250 membros, sinto muito prazer em pastoreá-la, porém esta não é a única razão em pastorear. Pois entendo que pastorear é algo muito mais sublime que uma bela igreja , um belo povo, um ministério atuante , quero neste espaço expressar algumas razões para que tenho para pastorear:

1. Pastoreio, por que sou convicto da chamada de Deus minha para vida.
2. Pastoreio, não por obrigação , mas por prazer.
3. Pastoreio, por que creio que pastores são dados por Deus.
4. Pastoreio, por que entendo que o bom pastor dá a vida pelas ovelhas.
5. Pastoreio , por que pastorear não é só entender de teologia, ortodoxia, antropologia, é acima de tudo amar suas ovelhas acima de qualquer coisa.
6. Pastoreio, por que pastorear para mim é uma chamada ao sacrifício, e se receber algum aplauso irei me gloriar na Cruz de Cristo.
7. Pastoreio, por arder em meu coração uma chama viva pelas almas sedentas de Cristo.
8. Pastoreio, não para ter status , por que não me preocupo com isso.
9. Pastoreio não para ser bajulado , ovacionado, mas para levar a preciosa mensagem do calvário.
10. Pastoreio, por que os que levam a preciosa semente gemendo e chorando trarão consigo seus molhos.
11. Pastoreio não para ser carregado no colo pela multidão , mas para em momentos carregar a cruz sozinho.
12. Pastoreio por que como Paulo diz : “Porque, se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois me é imposta essa obrigação; e ai de mim, se não anunciar o evangelho!” (1 Co 9.16)
13. Pastoreio não pelos lauréis , mas pelos espinhos.
14. Pastoreio não somente pelos espinhos , pastoreio com paixão, pois o ministério me provoca isto.
15. Pastoreio não por ser um pregador eloquente , um exegeta nato, mas por entender que a mensagem da Cruz é simples.
16. Pastoreio como o apostolo Paulo afirma : “Esta é uma palavra fiel: se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja”. (1 Timóteo 3.1)
17. Pastoreio pelo prazer de fazer amigos na congregação .
18. Pastoreio por que entendo que o ministério é feito de submissão.
19. Pastoreio por que entendo que Jesus foi, é e será o maior Pastor de todos os tempos.
20. Enfim pastoreio porque pastores não são dados pelos homens e sim por Deus como diz a palavra de Deus: “E dar-vos-eis pastores segundo o meu coração, os quais vos apascentarão com ciência e com inteligência.” (Jr 3.15).
O exercício pastoral traz um peso de responsabilidade sobre nós, pois ao recebermos a ordenação, ou a licença para o exercício de tal ministério, já não somos mais pessoas comuns. Ser pastor no Brasil, por hora, é ainda ser pessoas a quem a sociedade, ou parte dela deposita créditos , e esperam que honre no ministério o nome do Deus que declaram crer e da Instituição (igreja) a qual representam.
Levo muito a serio meu chamado ao ministério , se alguém o faz sem honra , sem cuidado deve rever seus conceitos ministeriais, ou então deixa-lo para quem quer dar o melhor de si.
Termino da mesma forma que comecei citando o apóstolo São Paulo a 2 Timoteo 4.5:
“Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério.”

Em Cristo Sola Gratia et Sola Fide, vosso conservo Marcos.
Ps. Foto acima é a igreja, onde estou pastor, no dia do meu aniversário.

Líderes como Absalão



“E enviou Absalão espias por todas as tribos de Israel, dizendo: Quando ouvirdes o som das trombetas, direis: Absalão reina em Hebrom” (2 Samauel 15.10)


Terceiro filho de Davi, rei de Israel , nascido em Hebrom , filho de Maaca , filha de Talmai, rei de Gesur ( 2 Sm. 3.3).
Foi um moço de notável beleza , dotado de mui lindos cabelos , porém vazio de bons intuitos .
De um modo geral , Absalão teria sido capaz de ser um excelente rei e o povo o amava , possuía sangue real tanto do lado do pai Davi , como da mãe Maaca.
Quando lemos sua historia registrada nos capítulos 13 a 18 de 2 Samuel podemos observar sua aptidão para ser um líder , pois possuía personalidade marcante e era uma pessoa carismática.De caráter forte, guardava mágoa em seu coração pela tragédia ocorrida com sua irmã Tamar , que havia sido violentada pelo meio irmão Ammom, e não sossegou até ver seu meio irmão morto.
Absalão seu deriva-se do hebraico ‘Abshalôm e ‘Abîshalôm, “meu pai é paz”, nome dado por Davi na ocasião de seu nascimento.
O seu caráter não era diferente de muitos personagens contemporâneos , e que na realidade reflete bem com a ambição pelo poder , transtornada em “ladinos” e “sagazes” , e por incrível que pareça muitos até no segmento evangélico que com esperteza galgam altas posições , não por mérito, mas por bajulações extrapoladas, ou por favores que alguns ficam devedores.
Suas ações são articuladas e muito bem planejados, tais como as de Absalão que com jeito carismático ou truculento fazem seu caminho rumo a ascensão do poder.
Não quero dizer que todos os que galgam posições elevadas na vida tanto secular com ministerial são frutos dessas inescrupulosas ações , mas creio piamente que Deus pode elevar o homem ao posto mais elevado que deseja alcançar por seus méritos , sua dedicação, seu empenho em fazer sua caminhada de maneira leal e a provação do Todo-Poderoso.Mas infelizmente alguns se valem dos recursos usados por Absalão para chegarem onde querem.
Absalão cometeu alguns erros , que nós se atentarmos bem não os incorremos:

1. Era Vingativo – 2 Samuel 13.28,29 - “E Absalão deu ordem aos seus servos, dizendo: Tomai sentido; quando o coração de Amnom estiver alegre do vinho, e eu vos disser: Feri a Amnom, então o matareis; não temais: porque porventura não sou eu quem vo- lo ordenei? Esforçai-vos, e sede valentes. E os servos de Absalão fizeram a Amnom como Absalão lho havia ordenado. Então todos os filhos do rei se levantaram, e montaram cada um no seu mulo, e fugiram.”
Este texto demonstra claramente que só estava esperando o momento certo para vingar o desfloramento que sua irmã sofrera por parte de seu meio irmão Ammom. Infelizmente vemos isso ocorrer em alguns lugares , cujas pessoas não gostam de ser questionadas quanto ao seu método de procedência , e apenas um questionamento serve de motivo para vingança , pois muito se sentem ameaçados, ou com medo de perder a cadeira , o posto.Lógico que temos que ter ética e moderação para tais questionamentos, pois muitos os fazem com segundas intenções para desestabilizar quem está no comando , ou colocar em cheque a idoneidade de alguém.A tais o Senhor reprova como diz a sua palavra - Minha é a vingança e a recompensa, ao tempo que resvalar o seu pé; porque o dia da sua ruína está próximo, e as coisas que lhes hão de suceder, se apressam a chegar (Dt. 32.35).
Não nos esqueçamos que vivemos um regime democrático , pelo menos assim espero.

2. Era egocêntrico – “Não havia, porém, em todo o Israel homem tão belo e tão aprazível como Absalão; desde a planta do pé até à cabeça não havia nele defeito algum.” (2 Sm. 14.25)
Sem duvida sua beleza , sua boa aparência contribuiu para seu egocentrismo , por que não houve uma correção de seu pai o Rei Davi nesse sentido.Absalão ao seu modo ia conquistando admiradores , seguidores , se alguém fosse cumprimentá-lo ia dava um passo a frente, gostava de receber elogios , gostava de ser bajulado não se importando se havia ou não rei em Israel , furtava o coração dos israelitas com sua bandeira de justiça e liberdade.
Meus caros, neste dias o que vemos são pessoas dessa natureza que colocam todos a sua volta , não se importando se há alguém superior a ele, achando-se superior a todos.
Egocentrismo segundo o dicionário de língua portuguesa é o individuo cuja visão do mundo parte sempre da sua própria personalidade, ou seja, ele não gosta de ser contrariado , alguém pode ter uma ideia melhor que a suam, porém sempre prevalecera a opinião ou ideia dele.
Infelizmente a lideres com essa natureza , que se alguém despontar um pouco mais que ele nas explanações bíblicas , tendo um pouco mais de conteúdo exegético , este estará fadado ao esquecimento.

3. Gostava de ostentar o poder - Sucedia também que, quando alguém se chegava a ele para se inclinar diante dele, ele estendia a sua mão, e pegava dele, e o beijava.(2Sm.15.5).
A estratégia política de Absalão era conquistar o coração das pessoas com sua boa aparência , uma entrada triunfal , uma aparente preocupação com a justiça e muitos abraços amigos.Muitos se deixaram enganar e mudaram sua submissão. Mais tarde , entretanto , Absalão revelou-se um governante cruel.
Podemos avaliar cuidadosamente os nossos lideres para termos certeza que seu carisma não é uma mascara que encobre a corrupção , o engano ou a ambição pelo poder. Devemos nos certificar de que sob seu carisma está alguém capaz de tomar boas decisões e cuidar sabiamente do povo.
Abraham Lincoln disse : “Se quiser por à prova o Caráter de um homem , dê-lhe poder”

4. Rebelião , bajulação , falsa religiosidade - E enviou Absalão espias por todas as tribos de Israel, dizendo: Quando ouvirdes o som das trombetas, direis: Absalão reina em Hebrom. (2 Sm 15.10)
Absalão foi a Hebrom porque era sua cidade natal , ela também fora a sede do governo de Davi , ela ele esperava encontrar amigos leais que se orgulhariam dele. Valia-se de sua personalidade magnética, do seu poder de comunicação e das ações comentadas e registradas nos versos anteriores, para instalar um governo que seria não somente despótico, como opressor e abertamente imoral (2 Sm 16.22). Que Deus nos guarde dos políticos conspiradores, que desrespeitam as leis e autoridades e que são egoístas em sua essência.
Em nome de uma falsa religiosidade muitos líderes atuais gostam de ser adulados por serviçais que estão ao seu comando. Está faltando gente leal em nossos dias , sem querer nada em troca, favores , cargos , simplesmente pelo prazer de servir. Paulo apóstolo de Cristo nos deixa uma importante lição em sua epístola aos Colossenses 3.22 : “Vós, servos, obedecei em tudo a vossos senhores segundo a carne, não servindo só na aparência, como para agradar aos homens, mas em simplicidade de coração, temendo a Deus.”
Quem não serve para servir , não serve para ser servido.

5. O final trágico de Absalão - (2Sm 18.9, 15) “E Absalão se encontrou com os servos de Davi; e Absalão ia montado num mulo; e, entrando o mulo debaixo dos espessos ramos de um grande carvalho, pegou-se-lhe a cabeça no carvalho, e ficou pendurado entre o céu e a terra; e o mulo, que estava debaixo dele, passou adiante. E o cercavam dez moços, que levaram as armas de Joabe. E feriram a Absalão, e o mataram”.
Após sua frustrada tentativa de rebelar-se contra Davi seu pai e rei em Israel , Absalão teve um trágico fim morreu pela mão daqueles que um dia foram de certa forma seus amigos, podia ter sido um excelente rei em Israel , mas por sua presunção acabou na historia da bíblia sem um péssimo exemplo de liderança.

A Bíblia registra inúmeras rebeliões . Muitas delas contra lideres escolhidos por Deus e todas foram condenadas ao fracasso.Outras foram iniciadas por homens perversos contra desobedientes à vontade de Deus . Embora alguns deles fossem algumas vezes vitoriosos , a vida de um rebelde geralmente termina com um fim trágico . Outras rebeliões foram feitas por pessoas de bem contra atos perversos ou injustos cometidos por alguém. Muitas vezes esse tipo de rebelião é positivo, pois serve para libertar o povo da opressão e dar-lhe a liberdade de voltar a Deus.
Espero que não haja Absalões em nosso meio, pois estarão fatidicamente condenados a fins tristes , pois eles não subsistirão na congregação dos justos.


Em Cristo Sola Gratia et Sola Fide, vosso conservo Marcos


Obras Consultadas : A Bíblia de Aplicação Pessoal – CPAD
Dicionário da Bíblia – John Davis
O Caráter do Político Astuto- Um estudo sobre a vida de Absalão – Solano Portela.