14 de out de 2009

Trigo , Vinho e Azeite




Trigo , Vinho , Azeite
Oseías 2.22


E a terra atenderá ao trigo, e ao mosto, e ao azeite, e estes atenderão a Jizreel.

A terra é quem produz o alimento, é quem da à produtividade, quando se cuida da terra , quando ela é bem tratada o que se planta colhe em abundância, se tira proveito, o fruto é vistoso, produtivo, abundante, e não há perca, pôs tudo o que produz é bem usado.

Trigo



O trigo foi primeiramente cultivado no Crescente Fertil, no Medio Oriente. Os arqueologos demonstraram que o cultivo do trigo é originário da Siria,Jordania,Turquia e Iraque. Há cerca de 8.000 anos, uma mutação ou hibridização ocorreu, resultando em uma planta com sementes grandes, porém que não podiam espalhar-se pelo vento. Esta planta não poderia vingar como silvestre, porém, poderia produzir mais comida para os humanos e, de fato, ela teve maior sucesso que outras plantas com sementes menores e tornou-se o ancestarl do trigo moderno.
Fala de alimento, produzido pela terra em escala quantitativa, quando processado , cuidado, produz alimento das mais variadas formas.
Seu grão é usado para fazer a farinha, e com esta fazer alimentos tais: como o pão, bolos, alimentação de animais domésticos.

O trigo como Palavra de Deus

“Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.” – João 12.24.

O cristão deve sempre primar pela palavra de Deus, deve ser priorizada em nossas reuniões, pois a palavra como alimento espiritual produz:



  • Vida - Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. (Hebreus 4.12)

  • Graça - Detiveram-se, pois, muito tempo, falando ousadamente, acerca do Senhor, o qual dava testemunho à palavra da sua graça, permitindo que por suas mãos se fizessem sinais e prodígios. (Atos 14.3)
    Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como no dia da eternidade. Amém. (2 Pedro 3:18)

  • Avivamento - Ouvi Senhor, a tua palavra, e temi; aviva ó Senhor, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia. (Hc. 3.2)
    Porque derramarei água sobre o sedento, e rios sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade, e a minha bênção sobre os teus descendentes. (Isaias 44.3)

    Infelizmente em nossos dias a palavra de Deus está tão pouco difundida, pouco pregada, e pouco elucidada, há muito pouco estudo da palavra, e algumas igrejas substituíram a palavra genuína e transformaram em teologia da prosperidade, confissão positiva, etc.
    A bíblia no livro do profeta Oséias 4.6, faz uma importante declaração: “O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos”.
    É uma alerta importante, também para os nossos dias, o povo está de certa forma rejeitando o conhecimento e poucos estão interessados em passar conhecimento e buscá-lo de forma que possa ensinar. Lamentavelmente o que ouvimos hoje nos púlpitos de nossas igrejas são palavra idealizada em teologia quantitativa sem qualidade, e distorções de texto sem sequer olhar o contexto.
    Voltemos a buscar conhecimento e voltemos a Palavra de Deus como expressava o salmista:- “Oh! Quanto amo a tua lei! É a minha meditação em todo o dia.” (Sl 119.97).

Vinho



O vinho (do grego antigo οἶνος, transl. oínos, através do latim vīnum, que tanto podem significar "vinho" como "videira")
O mosto (do latim mŭstum, "novo", "jovem") é o sumo de uvas frescas obtido antes que passem processo de fermentação.
O vinho na biblia é simbolo da alegria messianica, simbolo também do Espirito Santo que alegra o coração.
O salmista Davi declara no Salmo 51 a importância de ter a alegria do Espirito Santo:
10- Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto.
11- Não me lances fora da tua presença, e não retires de mim o teu Espírito Santo.
12- Torna a dar-me a alegria da tua salvação, e sustém-me com um espírito voluntário.
Quando se perde o vinho (alegria) do Espirito Santo a pessoa passa a ter uma vida espirtitual desiquilibrada , não sente a presença do Espirito , vive uma vida morna , e isso é um perigo pois a palavra de Deus declara: Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca. (Apocalipse 3.16).
A palavra de Deus declara que o cristão deve sentir alegria em estar na casa do Senhor, para adorá-lo na beleza de sua santidade, o salmista Davi tinha esta alegria pois expressou-a no Salmo 122 quando :- Alegrei-me quando me disseram : Vamos a casa do Senhor.
Lamentavelmente muitos perderam a alegria de estarem na casa do Senhor para prestar a Deus um louvor; ao inves disso as pessoas vem não para prestar culto, adorar , reverenciar, tributar , mas vem somente para receber.
Nestes ultimos dias muitos estão ficando muito ceticos , já não conseguem ir a casa do Senhor para sentir alegres , nos tornamos criticos , e muitos por esse motivo já perderam o prazer de sentir a alegria do Espirito , e em alguns lugares muitos já dizem não precisar sentir a alegria do Espirito Santo.
Jesus disse ao anjo da igreja em Laodiceia: Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.
A ceia é momento de alegria , Jesus nos convida para com Ele , cear.



Azeite

O azeite é um produto alimentar, usado como tempero, produzido a partir da azeitona, fruto advindo das oliveiras. Trata-se, pois, de um alimento antigo, clássico da culinária contemporânea, regular na dieta mediterrânea e nos dias atuais presente em grande parte das cozinhas.
Por volta de 3000 anos antes de Cristo, a olibveira já seria cultivada por todo o Crescente Fertil. Sabe-se, no entanto, que, há mais de 6 mil anos, o azeite era usado pelos povos da Mesopotamia, como um protetor do frio e para o enfrentamento das batalhas, ocasiões em que as pessoas se untavam dele.
De acordo com a Biblia, havia comércio de azeite entre os negociantes da cidade de Tiro, que, provavelmente, o exportavam para o Egito, onde as oliveiras, na maior parte, não oferecem um produto de boa qualidade. Há também informações extraídas do Antigo Testamento bíblico de que teria sido na quantidade de 20.000 batos (2 Crônicas 2:10), ou 20 coros (1 Reis 5:11), o azeite fornecido por Salomão a Hirão, sendo que o comércio direto desta produção era, também, sustentado entre o Egito e a Israel (1 Reis 5:11; 2 Crônicas 2:10-15; Isaías 30:6 e 57.9; Ezequiel 27:17; Oséias 12:1).
O azeite nas escrituras sagradas simbolizam a presença e unção do Espirito Santo na vida do cristão. Não adianta termos trigo (simbolo da palavra), vinho (simbolo da alegria) se nos faltar a presença e unção do Espirito Santo.
O óleo de oliva possui várias substancias benéficas a saúde. Ele pode reduzir a quantidade de LDL (mau colesterol) do organismo, devido a sua grande quantidade de gordura monoinsaturada, o fator importante é que essa gordura não se transforma em colesterol. Esse fator reduz o risco de infarto ou AVC, uma vez que o consumo regular do óleo de oliva reduz a formação de placas de ateroma nas paredes dos vasos sanguíneos. Outro fator importante para a saúde é que o óleo de oliva previne oxidações biológicas porque é rico em polifenóis, que reduzem a formação de radicais livres. Os radicais livres são muito nocivos a saúde pois são responsáveis pelo envelhecimento, e doenças degenerativas, como o câncer por exemplo. Cientistas observaram que os povos das regiões do mediterrâneo tem vida mais saudável com baixo nível de infarto e câncer, por esses povos serem os maiores consumidores do óleo de oliva, e outras substâncias de uma dieta saudável, como peixe e verduras.
O azeite tem propriedades de cura: E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre a sua cavalgadura, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele; (Lucas 10.34)
È importante que o cristão seja banhado pela unção do Espírito Santo, pois o salmista declara no Salmo 133: 1- Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união! 2- É como óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce sobre a barba, a barba de Arão, ate a gola de suas vestes. 3- É como o orvalho de Hermom quando desce dobres os montes de Sião. Ali o Senhor concede a benção e vida para sempre.
O sábio Salomão também declara a importância o óleo sobre a vida do cristão, em Eclesiastes 9.8, ele diz: Esteje sempre vestido com roupas de festa e unja sempre a sua cabeça com óleo.
Conclusão
Na vida do cristão não podem faltar estes elementos essenciais para vida cristã,
O trigo, como alimento espiritual não deve faltar na casa de Deus, pois somos recomendados pelo apostolo Paulo: “Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. (2 Timoteo 2.15), e o salmista declara quão importante e o trigo como palavra de Deus , quando diz : A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho – Salmo 119.105
O vinho, como símbolo da alegria não deve faltar na casa de Deus e na vida cristã cotidiana, pois Jesus ao transformar a água em vinho em Caná da Galileia, a preocupação do mestre sala em acabar com a alegria da festa provocou uma reação e Jesus provou em seu primeiro milagre, que em uma festa não pode faltar vinho. Na vida cristã não deve faltar o vinho (alegria).
O azeite, como unção do Espírito Santo não deve faltar na vida da igreja e na vida cristã cotidiana, e isto é provocada com uma vida de oração, dedicação e submissão à causa do Mestre. E a unção que vós recebestes dele, fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como ela vos ensinou, assim nele permanecereis. (1 João 2.27)
Tenhamos uma vida pautada na palavra de Deus, cheia da alegria em servi-lo e cobertos da unção daquele que nos chamou para sua maravilhosa Luz.


Em Cristo,




Pastor Marcos Serafim Silva