27 de mai de 2014

O que importa é a mensagem

O que importa é a mensagem
de Dennis Downing

Se você quisesse fazer propaganda sobre um novo produto, quem você escolheria para fazer a campanha? Um ator famoso? Uma atriz bonita? Uma autoridade internacionalmente reconhecida?
O ministério de Jesus aqui na terra começou com um simples mensageiro. Era uma figura esquisita. Ele morava no deserto, comia insetos e se vestia com peles de animais. Ele pregava sobre assuntos nada agradáveis como pecado e arrependimento. E ele fez isso em termos bem radicais.
Hoje, João Batista certamente não seria visto com um bom candidato para fazer propaganda, para iniciar uma campanha para chamar a atenção das pessoas, para proclamar a vinda do Reino de Deus.
Mas, aí está um dos grandes segredos do Evangelho. O importante não é o mensageiro e sim a mensagem.
Você já deixou de dar algum presente a alguém, só porque não conseguiu achar o papel de presente certo? Você procurou e achou o presente perfeito. É algo que seu amado precisa. É algo que ele ou ela quer. É um presente que vai proporcionar tanta felicidade, tanto sentido, tanto valor. É tudo que eles precisam.
Mas, você não consegue encontrar o papel certo para este presente. Você vai em todas as papelarias da cidade, mas, não consegue encontrar. Então, você decide não dar aquele presente. Você coloca no guardaroupa, fecha a porta e pensa, “Só vou dar quando eu achar o papel de presente perfeito.”
Faz sentido? Conhece alguém que fez isso?
Mas, será que não é isso que fazemos às vezes com o Evangelho? Nós queremos falar de Jesus, queremos dar do melhor de tudo que temos para amigos, colegas, parentes.
Mas não conseguimos achar as palavras, o jeito, a hora, o tempo, ou seja, o papel para embrulhar aquele presente.
E, por falta do papel - deixamos passar mais uma semana, mais um mês, mais um ano, sem dar o presente mais especial de todos - nosso Senhor Jesus Cristo.
Da história de João Batista podemos aprender muitas coisas. Porém, algo que não podemos deixar de ver é que não importa o mensageiro – o importante é a mensagem. Não importa nosso jeito, nosso estilo, nosso conhecimento, habilidade, ou qualquer outra coisa. Não importa o papel de embrulho. O mais importante é o presente - o presente da mensagem do Jesus.
Você já deixou de compartilhar Jesus, de falar do seu Senhor para alguém só porque achava que não estava pronto, ou não tinha todas as respostas às perguntas que eles poderiam fazer? Já deixou passar mais um dia, mais uma semana, mais um mês, só porque o “presente” não estava embrulhado do jeito que você queria? O que é mais importante: seu jeito de falar de Jesus? Ou deixar Jesus falar do jeito dEle através de você?
Lembre-se de quem foi o escolhido para anunciar a vinda do Messias. Não foi ninguém com muita habilidade ou jeito. Era alguém rude e sem sofisticação. Mas, era alguém obediente a Deus e que estava pronto, a qualquer hora, de qualquer jeito para anunciar que o maior presente de todos os tempos estava sendo enviado por Deus. Será que você não pode fazer o mesmo?
Ore a Deus e fale. É só isso. Fale. Deus fará a mensagem ser ouvida por quem precisar. E ele fará de você um mensageiro digno do Evangelho. Como João, você não foi chamado para ser o caminho, apenas para prepará-lo para aquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida. Você conhece pessoas que precisam conhecê-Lo. E Ele lhe escolheu para prepará-los para este encontro. Que Deus lhe abençoe.


Fonte : http://www.hermeneutica.com/