1 de set de 2009

A mulher Sirio-fenícia





Mattiyahu (Mateus) 15.21 a 28

21- Yeshua saiu daquele lugar e retirou-se para região Tzor e de Tzidon
22- Uma mulher de Kena’an, que morava ali, veio a ele, gritando: “Senhor, tenha misericórdia de mim, filho de David”! Minha filha é mantida sob o poder de demônios e esta sofrendo muito!
23- Mas Yeshua não lhe disse palavra alguma, então seus talmidim (discípulos) se aproximaram dele e pediram: “Mande – a embora, porque ela está nos seguindo, e seus gritos são insuportáveis.”.
24- Ele respondeu: “Eu fui enviado apenas para as ovelhas perdidas de Yisra’el”.
25- A mulher veio, caiu a seus pés e disse: “Senhor, ajude-me!”.
26- Ele respondeu: “Não é certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cães de estimação”.
27- Disse ela: “Isso e verdade, Senhor, mas ate mesmos os cães comem as sobras que caem da mesa de seus donos.”.
28- Então Yeshua, respondeu-lhe: “A senhora é uma mulher que possui muita confiança! Que seu desejo seja atendido.” E naquele mesmo instante sua filha foi curada.




21- Yeshua saiu daquele lugar e retirou-se para região Tzor e de Tzidon

Sirio-fenicia – Mulher gentia, cuja filha foi curada por Jesus, era natural da Fenícia (Fenícia – na esfera religiosa, os fenícios ficaram conhecidos pelo seu interesse nas práticas animistas, ou seja, a adoração as arvores , montanhas e demais manifestações da natureza . A Grande Mãe e Baal (o deus protetor) eram duas mais prestigiadas divindades do Universo religioso fenício. Geralmente , os rituais eram executados ao ar livre e incluíam a realização de sacrifícios , sendo que alguns destes contavam com a oferenda de seres humanos.), nação situada no noroeste da Palestina e anexada a província romana da Síria – daí a designação “sirio-fenicia”. Embora não pertencesse a nação judaica, esta mulher acreditava que Jesus podia curar sua filha, Jesus elogiou-a por sua fé.
Depois do duro choque com os escribas e fariseu, Jesus retirou-se para um lugar inteiramente fora do território de Israel, para as partes de Tiro e Sidônia. Novamente se vê como era grave a rejeição pelos judeus uma mulher Cananéia, uma gentia, recebe a benção, ate então reservada para Seu povo. Verdadeiramente da queda dos judeus veio à salvação para os gentios.
Jesus passou maior parte do seu ultimo ano de ministério publico, em território dos gentios, na Fenícia, em Decápolis e na Peréia, sua fama o precedera apesar de entrar ocultamente, não podia esconder-se.

22- Uma mulher de Kena’an, que morava ali, veio a ele, gritando: “Senhor, tenha misericórdia de mim, filho de David”! Minha filha é mantida sob o poder de demônios e esta sofrendo muito!

1- Uma grande necessidade:

a) um caso terrível: uma sujeita a um espírito maligno, mas, não nos parece ser sem o consentimento dela. A carne está sujeita em todos, mas há quem franqueie a entrada de espíritos malignos.
b) um caso sem remédio por quaisquer meios conhecidos
c) um mal que afligia a mãe e toda família. Sem duvida a necessidade era grande.

23- Mas Yeshua não lhe disse palavra alguma, então seus talmidim (discípulos) se aproximaram dele e pediram: “Mande – a embora, porque ela está nos seguindo, e seus gritos são insuportáveis.”.

2- Uma grande esperança :

a) a mulher ouvira de Jesus e seus milagres
b) dirigiu-se a Ele inconvenientemente, porque ela tinha como “filho de Davi”, e parece que quis fingir-se israelita.
c) Ela persistiu, por que não tinha outra esperança, mas mudou a sua maneira de tratar o Senhor.

24- Ele respondeu: “Eu fui enviado apenas para as ovelhas perdidas de Yisra’el”.
25- A mulher veio, caiu a seus pés e disse: “Senhor, ajude-me!”.

3) Uma grande fé manifestada:

a) na humilde confissão da sua necessidade
b) na suplica fervorosa
c) na sua perseverança, Jesus quis experimentar sua fé, porque sabia que ela resistiu à prova.

26- Ele respondeu: “Não é certo tirar o pão dos filhos e jogá-lo aos cães de estimação”.
27- Disse ela: “Isso e verdade, Senhor, mas ate mesmos os cães comem as sobras que caem da mesa de seus donos.”.

Essa mulher gentia tinha conhecimento do costume judeu de chamar os gentios de cachorros e a si mesmo de filhos de Deus.
A aparente rudeza da expressão de Cristo foi abrandada pelo fato de que o termo não se refere aos ferozes e repugnantes cães vadios que perambulavam pelas ruas, mas cachorrinhos, que viviam nas casas como animais de estimação.
A mulher aceitou inteiramente a ordem divina, e a sua fé e agarrou a verdade que se lhe aplicava.



Cães de estimação

Existem duas palavras gregas, para cachorro:

a) Kuôn – animais errantes que vagam pelas ruas em matilhas.
b) Kunarion - cachorrinhos mantidos em casa como animais de estimação.
Ainda assim, mesmo se os gentios não forem aqui comparados com as feras selvagens, será que ainda assim eles não estão sendo insultados? A resposta só pode ser: Não mais que o próprio Tanakh, onde o povo de Israel é tomado por Deus de um modo especial como seus filhos. E embora o judaísmo ensine que os gentios são o restos do mundo tem participação no mundo futuro, isso não é um foco primário nem do Tanakh, nem do judaísmo rabínico.

28- Então Yeshua, respondeu-lhe: “A senhora é uma mulher que possui muita confiança! Que seu desejo seja atendido.” E naquele mesmo instante sua filha foi curada.

Grande é a tua fé

O segundo gentio a ser louvado pela sua fé, e o terceiro exemplo de cura de Cristo a distancia.
Jesus contrapôs a vontade divina de alcançar os gentios à dos judeus e desprezá-los. Ironicamente muitos judeus perderam a salvação e as bênçãos divinas por que rejeitaram Jesus, e muitos gentios foram salvos porque o reconheceram e o aceitaram.
Jesus reconheceu nessa palavra a existência de uma fé genuína (Mt.15:28). Enquanto falava, o demônio saiu (grego perfeito) de sua filha. O aspecto diferente deste milagre foi que se realizou a distancia, sem qualquer ordem.

O que a fé fez a mulher Cananéia

1) Levou - a Jesus
2) Levou – a pedir a Jesus
3) Levou-a achegar-se a Jesus
4) Levou-a perseverar na hora da prova, da duvida.
5) Levou - a vitória, sendo atendida em sua petição e conhecendo o mestre.

n'Aquele que não faz acepção de pessoas

Pr. Marcos Serafim Silva

Obras consultadas
(Comentário Bíblico Moody – Volume 4)
(Comentário Judaico do Novo Testamento)
(Bíblia Vida Nova)
(Espada Cortante – Volume I – O.S. Boyer).
(Novo Testamento Judaico).
(Dicionário Ilustrado da Bíblia)
(Bíblia Explicada – S.E. Mcnair)