19 de jun de 2009

Reflexões : A vida como ela é - Parte II

A vida segue seu ritmo, sem tirar, nem por, segue seu frenesi, sua morosidade.
A vida às vezes é impiedosa, nos pega sempre de surpresa, surpresas agradáveis, mas experiências desagradáveis, amargas, dolorosas, que nos tiram o fôlego por mais estruturados emocionalmente que somos.
A vida é como um rio que seu curso e suas águas passam e não tornam a voltar atrás, e o tempo passa velozmente sem se importar se vamos envelhecendo, se vamos criando rugas , se nossos filhos vão crescendo , casando, nos tornando avós, avôs, e assim segue a vida até tornarmos ao pó de onde viemos.
A vida é a arte do encontro, embora haja tantos desencontros pela, diz Vinicius de Moraes.
A vida é de poucos e cansativos dias, o tempo é implacável, o ser humano nasce, cresce , cresce até se tornar adulto , envelhece , envelhece ate tornar á terra, destino do homem.
Enquanto há vida, ainda há esperança, como se diz, pois a morte é o fim de todos os seres vivos.
A vida nos ensina a passar por desertos, desertos sombrios, mas mostra-nos como aprender com eles e superá-los, pois alguns caem e não se levantam, mas aqueles que confiam renovam suas forças e prosseguem a caminhada.
A minha alma tem tédio da minha vida, darei um livre curso à minha queixa, falarei na amargura da minha alma, diz Jó.
Na vida as pessoas buscam desenfreadas mente riquezas materiais, esquecendo-se que nosso corpo (matéria) é o invólucro da alma e do espírito, pois devem ser tratados em primeiro plano, assim como a corça suspira pelas águas , assim suspira, a minha alma por ti, oh! Deus, pois tudo o que o homem tem nessa vida é vaidade.
A vida é tão cheia de altos e baixos, por vezes estamos no cume do monte, mas há dias de vales profundos, sem esperança, nem lampejos de intervenção do Soberano.
Na vida, às vezes parece nada encaixar, as coisas parecem travar, as lágrimas começam a se derramar, ou molhar nossos olhos e dá vontade de chorar compulsivamente, desesperando o nosso ser, mas os que confiam no Senhor renovarão suas forças.
Na vida a esperança renasce das cinzas, por que nosso Redentor vive, e ao cheiro das águas, aquilo que está seco, improdutivo, brotará, brotos novos surgirão indicando que novas primaveras virão trazendo novas expectativas.
Na vida surgem bons e maus, mas há sempre alguém que podemos contar.
Na vida, alguns apesar de só fazerem o bem, alguns passam despercebidos, sem ganhar louros e lauréis, e nenhuma recompensa material, mas a recompensa virá na Eternidade.
Prepare-se, viva uma vida plena com amor, pois o amor, tudo suporta, tudo sofre, tudo, tudo espera.
Viva a vida amando, pois o maior mestre de todos os tempos nos ensinou: - amai-vos uns aos outros, conforme eu vos amei.

n’Ele que é a Vida – Marcos