30 de ago de 2013

Preparados ou não : Ele vem!


Jesus Cristo, depois de sua morte e ressurreição no ano 31 de nossa era, subiu aos céus prometendo que voltaria para destruir a maldade e instaurar seu reino onde a paz e a felicidade eternas serão estabelecidas.
Cristo ao falar para seus discípulos disse-lhes: Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, crede também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar. E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também. (João 14:1-3), porém não disse quando voltaria, disse somente: “Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir”.
É por esta razão que não devemos nos deter em especulações quanto às datas, que Deus não revelou. Jesus nos disse que vigiemos, mas sem fixar uma data definida. Não podemos nos assegurar que Jesus regressará dentro de um, dois ou cinco anos, nem tampouco devemos atrasar sua vinda dizendo que talvez não se produza nem em dez, nem em vinte anos.
As Escrituras nos alertam que Jesus voltará quer estejamos preparados ou não. Cabe-nos estarmos preparados a todo instante, para que quando Ele vier possamos subir assim como os apostolo Paulo refere-se em 1 Tessalonicenses 4.17: “Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor”. O ensino do Arrebatamento é claramente apresentado em 1 Tessalonicenses 4.13-18. Nessa passagem Paulo informa seus leitores de que os crentes que estiverem vivos por ocasião do Arrebatamento serão reunidos aos que morreram em Cristo antes deles. No versículo 17 a palavra "arrebatados" traduz a palavra grega harpazo, que significa "dominar por meio de força" ou "capturar". Essa palavra é usada 14 vezes no Novo Testamento Grego de várias maneiras diferentes.Ocasionalmente o Novo Testamento usa harpazo com o sentido de "roubar", "arrastar" ou "carregar para longe" (Mateus 12.29; João 10.12). Também pode ser usada com o sentido de "levar embora com uso de força" (João 6.15; 10.28-29; Atos 23.10; Judas 23). No entanto, para nossos propósitos, um terceiro uso é mais significativo. Diz respeito ao Espírito Santo levando alguém de um lugar para outro. Encontramos esse uso em quatro ocorrências (Atos 8.39; 2 Coríntios 12.2, 4; 1 Tessalonicenses 4.17; Apocalipse 12.5).[2]
Há algum tempo atrás se falava em escala muito maior sobre o arrebatamento da igreja, houve tempo que pelo menos se preocupava com este fato. Posto que nos idos de 1990 instaurou-se um movimento chamado “Década da colheita” , algo elaborado pelo saudoso Pastor Valdir Nunes Bícego (uma das mentes mais brilhantes na exposição da palavra que conheci), que visava um maior crescimento da igreja evangélica brasileira.Neste tempo havia pelo menos a preocupação sobre ganhar almas, sermões  expositivos mais com grande eloqüência através do Espírito Santo, uma preocupação com a igreja e seus rumos.
Era freqüente ouvirmos palavras que visavam arrependimento e salvação, e a volta de Cristo para buscar sua igreja. Porém passados décadas as preocupações parecem mudar de lado, as pessoas, pastores já não enfatizam mais a busca pela salvação, arrependimento do pecado, e a volta do Amado  mas se instalou na igreja vários modismos, entre eles a despreocupação sobre a volta de Jesus.
Hodiernamente preocupa-se muito com a questão financeira de um povo muito modificado, que requer de Deus não a salvação de sua alma, mas benefícios que ficarão por aqui, quando nosso Senhor voltar a buscar sua Noiva.
Lembro-me que ainda criança e adolescente haviam escrito na maioria das igrejas a frase “Jesus vem breve!”, passados anos a frase encurtou e só ficou: “Jesus vem!”, hoje porem em muitas igrejas nem o nome de Jesus constam mais, dando lugar a frases de efeitos.  
Jesus prevendo isto deixou registrada a seguinte pergunta “Digo-vos que depressa lhes fará justiça. Quando, porém vier o Filho do homem, porventura achará na terra?”
Certo é que, embora muito de nós estejamos despercebidos, quanto ao fato arrebatamento, ele ocorrerá, quer queiramos ou não, Jesus vira! 
Portanto o que devemos é estar preparados a qualquer momento pois somente assim não haverá surpresa. Mas lamentavelmente alguns ficarão conforme adverte o apostolo o Paulo em I Coríntios 6.10 “Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.” , mas hoje há salvação em Cristo!
O famoso pregador negro, John Jasper, estava em seu leito de morte. O patrão dele tentava confortá-lo, dizendo: John, aqui você teve que morar num barraco, com chão de terra batida, mas daqui a pouco você vai entrar na mansão que Jesus lhe preparou. John Jasper replicou: Eu sei, meu patrão, se for vontade dEle me dar uma mansão, mas o que quero é ver o rosto do Senhor Jesus". O patrão continuou: John, aqui você teve que andar maltrapilho, mas daqui a pouco vai ser vestido com trajes gloriosos. O velho negro replicou: "Sim, meu patrão, se for vontade dEle dar-me trajes bonitos, mas o que eu quero é ver o rosto do Senhor Jesus que me amou e Se deu a Si mesmo por mim".
Aqui neste mundo Jesus nunca disse que viveríamos somente um mar de rosas , mas os espinhos nos sobreviriam , mas prometeu estar conosco sempre até a consumação dos séculos.As lutas ainda virão, os tempos mais difíceis e trabalhosos ainda virão mas  Ele nos prometeu que “Ao que vencer, dar-lhe-ei a comer da árvore da vida, que está no meio do paraíso de Deus.Ao que vencer darei eu a comer do maná escondido, e dar-lhe-ei uma pedra branca, e na pedra um novo nome escrito, o qual ninguém conhece senão aquele que o recebe. E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações.Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono” (Apocalipse 2.7;17;26 – 3. 21).Então vale a pena com diz o apostolo Paulo em Tito 2.13 : “Aguardando a bem-aventurada esperança e o aparecimento da glória do grande Deus e nosso Salvador Jesus Cristo.”
Que estejamos para no momento de sua gloriosa chamada respondermos ; “Maranata”!

Preparados ou não: Ele vem!

N’Ele nossa esperança de vida eterna


Marcos Serafim Silva  

Nenhum comentário: