19 de jun de 2013

A igreja é indestrutível

O chefe executivo de uma grande rede de lojas de sucesso fez uma afirmação impressionante, com relação ao futuro de sua companhia. Ele disse que daqui a cem anos, ela sofreria grandes modificações ou não existiria mais.
O mesmo se pode dizer sobre qualquer organização humana. Os líderes vêm e vão, os desejos dos consumidores mudam, os métodos de manufatura evoluem. Como resultado, as companhias ou mudam ou elas não subsistem.
Mas isto jamais acontecerá à igreja de Cristo, pois Jesus disse em Mateus 16.18 : “Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”.
Ao observamos a fala de Jesus a falência da igreja nunca ocorrerá. Existe uma grande confusão em assimilar igreja de Cristo, com templos evangélicos, denominações.
Ao longo da historia impérios ruíram, templos religiosos foram fechados como diz esse artigo do Portal de Noticias Gospel Prime:“Igreja na Alemanha vende templos por falta de fiéis.Nos últimos 20 anos mais de 340 templos evangélicos foram fechados naquele país.Pela falta de membros, igrejas na Alemanha estão colocando seus templos à venda, há prédios que custam entre € 20 mil (R$ 51 mil) e € 135 mil (R$ 350 mil) e revelam o resultado da secularização na Europa, já que em outros países as capelas também estão sendo vendidas.A crise afeta não só igrejas católicas como também protestantes, tanto que evangélicos criaram um site para divulgar mais de 170 templos e 140 terrenos que precisam ser vendidos.O jornal espanhol “El País” mostra que entre 1990 e 2010 pelo menos 340 templos evangélicos foram fechados na Alemanha. Na Igreja Católica a crise é ainda maior: 400 templos fechados apenas em 2011 segundo dados da Conferência Episcopal daquele país.São 10% a menos de evangélicos na Alemanha e 17% a menos de católicos, segundo índices recentes com dados da religião.Se para os líderes religiosos a venda desses templos é a solução, para a população se torna um problema como aconteceu em Hamburgo onde um templo evangélico foi vendido e se tornou uma mesquita.Por conta disso, cristãos e muçulmanos começaram a se enfrentar na cidade e um protesto organizado por 300 neonazistas foi organizado para reprimir os seguidores do islã. A confusão religiosa precisou da intervenção da polícia local para não tomar proporções maiores.
Fica claro que Jesus jamais criou uma placa de determinada igreja, pois sua igreja é “À universal assembléia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus, o juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados;” como diz o escritor aos Hebreus 12.23, embora muitos queiram rotular uma ou outra igreja correta, o correto mesmo é que Jesus não instituiu instituições, nem templos, nem denominações.
A igreja de Cristo é indestrutível, sob qualquer aspecto, pois não custou prata, nem ouro, mas seu precioso sangue, vertido na cruz do Calvário, e Ele jamais deu o direito de uma instituição se declarar correta ou que tenha a chave para a salvação.
Por outro lado instituições estão agonizando sua falência e outras embora não queiram admitir também estão a caminho ou a beira de falência. O discurso de alguns lideres evangélicos são de certa forma belos dizendo que a sua instituição denominacional esteja crescendo, temo que isso não venha acontecendo, pois, mesmo que não queiram admitir suas denominações estão inchando o que significa estar com anomalia.
Mesmo que o numero de pessoas batizadas às vezes seja um numero alto, a maioria destes não são neo-conversos, mas os filhos daqueles que participam da instituição que à medida que vão tendo a idade para tal, se batizam, e isso não significa crescimento, e sim inchaço.
Mas porque será que as instituições não estão crescendo? Quais as causas de estarem inchando ao invés de crescerem?
A resposta é simples, clara e objetiva! E que ao invés de seus lideres estarem preocupados na causa da evangelização, estão gastando tempo, com disputas pelo poder!
Abraham Lincoln disse: “Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, ma se quiser por à prova, o caráter de um homem, dê-lhe poder”.
Lamentavelmente isso tem acontecido em muitas intituiçoes o poder tem corrompido os bons costumes disputas ferrenho tem sido travadas e muitas delas em tribunais humanos.
As denominações passam ou mudam com o tempo. Os locais das comunidades estabelecidas pelos próprios apóstolos não mais subsistem como espaços de adoração. Mas, a promessa de Cristo continua de pé. Ele não permitirá que a igreja seja destruída, mas ela continuará avançando pelo território do inimigo.  
A igreja de Cristo é um milagre. Durante dois mil anos o mundo assiste a queda de impérios, a quebra de grandes corporações, o colapso de ideologias e o fim de grandes movimentos reacionários. A igreja bíblica e verdadeira, porém, mesmo perseguida ferozmente ao longo dos séculos, mesmo pequena, sem exércitos, dinheiro ou influência política, permanece de pé. Ela é indestrutível.
Vários nomes tentaram impedir a marcha triunfal da igreja , da sua palavra como o pensador francês Voltaire, pseudônimo de François-Marie Arouet, que viveu de 1694 à 1778. Ele foi uma das figuras que através das suas obras e idéias conseguiu influenciar os maiores pensadores franceses e americanos da sua geração. Foi conselheiro de reis. Escreveu obras em quase todas as formas literárias: obras científicas e históricas; poemas; peças de teatro; romances; panfletos; ensaios; e mais de 20 mil cartas.
Certa vez ele afirmou que a Bíblia Sagrada e a religião não seriam aceitas no prazo de 100 anos. Um século depois desta afirmação, a Sociedade Bíblica de Genebra comprou a editora e a residência que haviam sido de Voltaire e ali começou a imprimir as Escrituras Sagradas.
Filosofias falharam,falham e falharão mas a igreja de Cristo e sua palavra jamais falharão pois Ele mesmo disse em Lucas 21.33 : “Os céus e a terra passarão, mas as minhas palavras jamais passarão”. 
Lembremo-nos de que “Deus é o Senhor do mundo e da história”. Foi Ele mesmo quem de­cretou que “as portas do Inferno” não prevaleceriam contra a sua Igreja.”
A igreja de Cristo segue, seguirá indestrutível até que Ele venha buscá-la para o lar que prometeu.

N’Ele a Rocha Indestrutível  ,

Marcos Serafim Silva.


 

  




Um comentário:

Pr:Gesanias de Oliveira disse...

Caro pastor Marcos...
Como o Senhor é o Senhor de tudo o que há, e a Igreja foi comprada pelo Sangue de Jesus. não há quem destrua a imaculada, e eleita do Senhor Jesus...